Arquivo do autor:José Medeiros

A Alma não tem Cor.

“Enquanto a cor da pele for mais importante que o brilho dos olhos, haverá guerra”.
Bob Marley

 

Anúncios

CRIANÇAS IKPENG

 


     Povos da Floresta 

Índio não bate em criança
e os mais velhos respeita.
Índio tem sua cultura,
dança, canta e se enfeita.
Toma seu banho de rio,
é mestre na pescaria.
Na aldeia em que ele mora
a tarefa é dividida.
Na hora da refeição,
a comida é repartida.
Temos muito o que aprender,
e o índio pode ensinar
como curar as doenças
e muita vida salvar.
Saiba que a vida do índio
é pra lá de inteligente.
Vive em paz com a natureza,
não trai, não rouba, não mente.

Autor Reynaldo Jardim

O Círio de Nazaré

O  maior evento religioso do mundo inicia hoje.

A devoção a Nossa Senhora de Nazaré teve início em Portugal. A imagem original da Virgem teria saído da cidade de Nazaré, em Israel, no ano de 361, tendo sido esculpida por São José. Em decorrência de uma batalha, a imagem foi levada para Portugal, onde, por muito tempo, ficou escondida no Pico de São Bartolomeu. Só em 1119, a imagem foi encontrada. A notícia se espalhou e muita gente começou a venerar a Santa. Desde então, muitos milagres foram atribuídos a ela.

Em 1792, o Vaticano autorizou a realização de uma procissão em homenagem à Virgem de Nazaré, em Belém do Pará. Tradicionalmente, a imagem é levada da Catedral de Belém à Basílica Santuário.

Realizado em Belém do Pará há mais de dois séculos, o Círio de Nazaré é uma das maiores e mais belas procissões católicas do Brasil e do mundo. Reúne, anualmente, cerca de dois milhões de romeiros numa caminhada de fé pelas ruas da capital do Estado, num espetáculo grandioso em homenagem a Nossa Senhora de Nazaré, a mãe de Jesus.

Na procissão, a Berlinda que carrega a imagem da Virgem de Nazaré é seguida pelos romeiros em todo o percurso, os fiéis fazem manifestações de fé, enfeitam ruas e casas em homenagem à Santa. Por sua grandiosidade, o Círio de Belém foi registrado, em setembro de 2004, pelo Iphan, como Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial.

História da Corda 

Durante a procissão de 1855, quando a berlinda ficou atolada por conta de uma grande chuva, a Diretoria da Festa teve a idéia de arranjar uma grande corda, emprestada às pressas de um comerciante, para que os fiéis puxassem a berlinda. A partir daí, os organizadores do Círio começaram a se prevenir, levando sempre uma corda durante a romaria. Mas só no ano de 1885, a corda foi oficializada no Círio, substituindo definitivamente os animais que puxavam a berlinda.

A corda puxada pelos promesseiros é um dos maiores ícones da grande procissão do Círio e, também, da Trasladação. Hoje, ela tem 400 metros de comprimento, duas polegadas de diâmetro e é produzida em titan torcido de sisal oleado. Enfileirados, homens e mulheres puxam a corda que faz a berlinda com a imagem da Santa se movimentar.

No Pará, foi o caboclo Plácido José de Souza quem encontrou em 1700, às margens do igarapé Murutucú uma pequena imagem da Senhora de Nazaré. Hoje no local do achado, encontra-se a Basílica Santuário.

Mês da Fotografia em Brasília com José Medeiros

Um dos eventos mais esperados do Mês da Fotografia 2012, o lançamento da exposição coletiva que aconteceu na cidade de Brasília. Foi sucesso de público no Museu Nacional. O tema escolhido – O Centro-Oeste: o Homem, a Cultura e o Meio.

José foi conferir a exposição de perto, e com isso, teve o prazer de conhecer os organizadores do evento Eraldo Peres e Sergio Almeida do Lente Cultural Coletivo Fotográfico. O diretor-executivo do Mês da Fotografia, Eraldo Peres, destacou que neste ano a programação está intensa e variada e que o tema foi especialmente escolhido para promover a fotografia da região, e é uma semente, uma primeira mobilização. E que a pretensão mais imediata é levar a exposição para Cuiabá, Campo Grande e Goiânia, uma forma de que ela não fique só em Brasília.

Os fotógrafos selecionados de Mato Grosso foram Antônio Alexandrino, Cleber Gellio, José Medeiros, Lucas Ninno, Marcos Bergamasco, Mari Juruna, Sílvio Esgalha e Izan Petterle que teve exposição com fotos gigantes “CAUBÓIS DO PANTANAL”.

 

No rastro da memória

Em comemoração ao Mês da Fotografia, a Folha do Estado faz uma homenagem ao fotógrafo José Medeiros pelo reconhecimento do seu trabalho, e por fomentar ações no segmento da fotografia no Estado de Mato Grosso.  O retrato que abre a matéria foi feito pelo fotógrafo Lucas Ninno. A matéria completa está disponível no site http://www.folhadoestado.com.br/jornal/.

 

 

 

 

 

 

 

 

Expedição Fotográfica em Campo Novo do Parecis – MT

A Expedição Fotográfica organizada pelos fotógrafos José Medeiros e Zig Koch que aconteceu na cidade de Campo Novo do Parecis – MT, passou pela aldeia Quatro Cachoeiras dos índios Pareci. Tenho certeza que foi uma experiência incrível pra quem pôde participar dessa Expedição, que com certeza não ficará só nessa.

Fotos: Mario Friedlander

AGOSTO É O MÊS DA FOTOGRAFIA!

A Fotografia é a memória visual que guarda detalhes da informação, oferecendo resultados rápidos. Sem a fotografia, dificilmente, as atuais gerações entenderiam as mudanças nos últimos anos.

A Agência de Fotografia Fotos da Terra em parceria com o Pavilhão das Artes e a Secretaria de Estado de Cultura realiza a 2ª Edição da Projeção de Imagens em comemoração ao Mês da Fotografia em Cuiabá.Ação reúne amantes e profissionais que fomentam a fotografia fortalecendo o segmento no Estado. Em 2012 o tema é “PESSOAS’’ e contamos com a participação de mais de 60 inscritos, tendo fotógrafos de todo o Brasil, superando a 1ª edição de 25 participantes.

O evento acontece dia 23 de Agosto (quinta-feira) no Jardim do Pavilhão das Artes (Palácio da Instrução) as 19h30.

Buraco das Araras com José Medeiros e Zig Koch

 

 

Buraco das Araras é a maior dolina da América Latina, localizada no município de Jardim – MS. Possui cerca de 500 metros de diâmetro e 127 metros de profundidade. O nome Buraco das Araras surgiu em razão do grande número de araras que habitam o local. Em seu interior, a fauna e a flora é rica, possui um ecossistema próprio e um lago habitado por um casal de jacarés de papos amarelos.

José Medeiros e Zig Kock, estão nos preparativos para ministrar a 1˚Expedição Fotográfica de uma série, que dessa vez será realizada em Campo Novo do Parecis MT, que acontecerá nesse final de semana, nos dias 3 a 5 de Agosto.

Aprecie uma previa das imagens no Buraco das Araras produzidas por José e Zig.

Expedição Fotográfica em Campo Novo do Parecis – MT

 

 

 

A Expedição já está se aproximando. E quem não fez a sua inscrição ainda está em tempo. De 03 a 05 de Agosto.

Abaixo segue a programação:

03.08 – SEXTA: CHEGADA EM CAMPO NOVO DO PARECIS

04.08 – SÁBADO:
SAÍDA DE CAMPO NOVO……………………..7:00H
CHEGADA ALDEIA 04 CACHOEI……………7:45H
SESSÃO DE FOTOS …………………………….11:00H
ALMOÇO………………………………………….11:00 | 13:00H
SAÍDA P/ SALTO UTIARITI………………….13:30H
PREVISÃO DE CHEGADA UTIARITI ………15:00H
ARMAR ACAMPAMENTO…………………….15:30H
JANTAR……………………………………………18:30H
SESSÃO DE FOTOS NOTURNA………………00:00H

05.08 – DOMINGO:
CAFÉ DA MANHÃ………………………………. 07:00H
SESSÃO DE FOTOS ……………………………. 11:00H / ALMOÇO………………………………. 11:00 | 13:00H
SAÍDA PARA SALTO BELO / SACRE II ……. 13:30H
PREVISÃO DE CHEGADA SACRE II………….14:15H
SESSÃO DE FOTOS……………………………….14:30H
RETORNO A CAMPO NOVO DOS PARECIS –  17:00H
06.08 – SEGUNDA: RETORNO PARA CUIABÁ

O QUE LEVAR: LANCHE RÁPIDO (BOLACHA, BARRA DE CEREAIS) TALHER, PRATO E COPO, ROUPAS DE FRIO, CAPA DE CHUVA, CALÇADOS PARA TRILHA, LANTERNA, BARRACA, COLCHONETE, PROTETOR SOLAR, CASE ESTANQUE.

SUGESTÃO – TRANSPORTE E HOSPEDAGEM
TUT – 3621.1500 R$ 74,00 – Horários – 03H | 07H | 11H | 18H | 20H
SERRATUR – 3684.4864 R$ 70,00 – Hs Van – 01:30H | 08H |17:30H

HOSPEDAGEM: HOTEL ROSA DOS VENTOS
PROMOÇÃO PARA EXPEDIÇÃO EM CNP
*VENTILADOR E TV – SINGLE R$30 | 2P R$48 | 3P R$70
*AR FRIGOBAR E TV – SINGLE R$50 | 2P R$80 | 3P R$110
ANGELA: (65) 3382 2509|9677 5884 |hrventos@hotmail.com

DISTÂNCIAS:
CAMPO NOVO ATÉ ALDEIA 04 CACHOEIRAS………….. 30 KM
ALDEIA 04 CACHOEIRAS ATÉ SALTO UTIARITI………. 120 KM
SALTO UTIARITI ATÉ SALTO BELO (SACRE)…………….20 KM
SALTO BELO ATÉ CAMPO NOVO……………………………80 KM
TOTAL DISTÂNCIAS A PERCORRER ……………………….250 KM

Para mais informações é só entrar em contato através do telefone (65) 3054 – 1080 ou pelo email josemedeirosimagem@gmail.com.

Experiência Fotográfica com José Medeiros

Da Amazônia ao Pantanal, José Luiz Franco Medeiros mais conhecido pelo nome artístico José Medeiros, sempre mostrou preocupação com as manifestações culturais do homem interagindo com a natureza. Natural de Campo Grande – MS, desde os 16 anos se dedica ao registro de imagens, com formação em fotojornalismo. Publicou nos principais jornais e revistas nacionais e internacionais. Participou de mostras coletivas, individuais, prêmios e salões. José é um dos fotojornalistas mais bem sucedidos em MT, e referência estadual e nacional quando o assunto é fotografia, com o seu olhar diferenciado sempre em busca da perfeição. Juntamente com o seu amigo e parceiro Zig Koch, a dupla estará ministrando a Expedição Fotográfica em Campo Novo do Parecis – MT, e vale reforçar que quem não fez a sua inscrição ainda está em tempo. José confirma que será uma grande experiência e aventura, sendo que no final da Expedição será feita uma avaliação das fotos dos participantes. Esta é um pouco da trajetória desses grandes mestres da fotografia, agora é aguardar ansiosamente a data da Expedição com eles.